quarta-feira, 4 de maio de 2016

Oratório artesanal para Nossa Senhora das Graças

Após dois anos de completo silêncio, volto a este blog para trazer o passo-a-passo da confecção de um oratório para Nossa Senhora das Graças da Medalha Milagrosa.

Fiz esse oratório nessa última semana, para uma encomenda que recebi de um amigo. Faz dois anos que não brincava com meu artesanato, então estava meio que enferrujada. Apesar disso, o resultado não foi ruim, pelo contrário. Podia ser melhor, mas isso fica para os próximos, porque esse já foi para sua nova morada.

E esta postagem foi publicada, originalmente, no meu blog PatriciaDo, atualmente o blog mais ativo que mantenho dentre os 300 que possuo XD

O tipo de oratório, santinho e a decoração são sugestões. Seguindo o "modus operandi", você poderá fazer o oratório do jeito que quiser.

Esse tipo de oratório é o que "desenvolvi" depois de muito babar em fotos na internet. Queria fazer algo mais popular, folclórico, daí que criei a marca Feito no Santo para dar uma grife aos meus oratórios (ou capelinhas). Para a minha preferência atual, quanto mais frescurices, melhor. Mas você pode (é claro!) fazer mais minimalista - ou mais ainda carnavalesco... vai ao gosto do freguês.

Para confeccionar um oratório como esse da foto, você precisará adquirir materiais em casas especializadas em artesanato e revenda de MDF. Se não encontrar em sua cidade, a internet tem várias lojas especializadas nesses materiais, com a vantagem de ter uma quantidade muito maior de produtos diferenciados para oferecer - e, às vezes, mais em conta que as lojas físicas.

Vamos aos materiais:
  • 1 oratório ou capelinha em MDF;
  • 2 tipos de lixa d'água: uma mais grossinha, tipo 180, e outra mais fina, tipo 400;
  • Tinta base para madeira (serve tinta branca PVA);
  • Pincel chato largo para a pintura da base;
  • Pincel chato largo macio para a pintura;
  • Pincel fino para detalhes, se precisar;
  • Tintas para pintura à sua escolha: Acrílica brilhante ou PVA cintilante ou acrílica metalizada. Se não gostar ou não quiser nenhum tipo de brilho, opte pelas tintas foscas. No caso do oratório da foto, foram usadas tintas acrílica metalizada azul, acrílica brilhante azul e PVA cintilante branca para a parte interna e traseira;
  • Cola de boa qualidade, tanto pode ser tipo a superbonder quanto a branca para artesanato (PVA), silicone ou cola quente, o que for de sua preferência; 
  • Uma imagem, preferência em resina, de um santinho de sua devoção ou escolha.
Para a decoração você precisará:
  • Passamanarias, rendas, sianinhas, fitas de seda - essas coisinhas de armarinho. No oratório da foto foram usadas apenas uma sianinha azul escuro para a parte interna e uma passamanaria azul claro para a traseira, para o acabamento;
  • Florzinhas de tecido;
  • Rosinhas de cetim;
  • Chanton (cristais sintéticos vendidos em cartela - em qualquer loja ching-ling se encontra dessas cartelas). Se não conseguir os cristais, poderá substituir por paetês, miçangas para bijuterias ou pedrinhas para decoração de unhas, mas nesse caso precisará de cola de silicone para artesanato, que tem melhor acabamento por ser transparente;
  • Uma pombinha de resina (se quiser fazer como o oratório da foto);
  • Recorte de imagem sacra (no oratório aqui usei a foto da frente e verso da Medalha Milagrosa, para compor com a imagem de Nº Srª das Graças da Medalha Milagrosa).


O pior já passou, acredite: você já adquiriu o material para fazer seu oratório. Agora vem a parte divertida da coisa.

Desculpe as fotos, sou péssima fotógrafa... 

Na primeira foto, já temos ali a capela em MDF lixada e pintada com a base PVA branca, que serve para cobrir imperfeições e conferir melhor acabamento à tinta final. Você precisará, na peça crua, lixar com a lixa mais grossa e depois dar o arremate com a lixa mais fina, para uniformizar a superfície e eliminar qualquer farpa ou mal recorte das arestas. Depois de lixado, passe um pincel ou pano seco para retirar o excesso de pó e aplique uma ou duas demãos de tinta base. Eu costumo passar duas demãos para cobrir bem a madeira e ficar tudo branco uniformemente.

Na segunda e terceira fotos, está as tintas finais. Na parte da frente, usei a tinta acrílica metálica azul, e nas laterais tinta acrílica brilhante. Também pintei com a mesma tinta as arestas para ter um acabamento mais bonito. Na parte de trás e área interna, usei tinta PVA cintilante branca. 

Aguarde a secagem entre as demãos de tinta. Para a tinta base, espere pelo menos dez minutos entre uma demão e outra, e para jogar a tinta final sobre a base, aguarde de um dia para o outro, por precaução. Nas demãos de tinta final, aguarde pelo menos duas horas, sendo que o melhor é de um dia para outro.

Na quarta foto, depois da tinta bem sequinha, comecei a decoração da área interna do oratório, onde ficará a santinha. Usei sianinha azul escuro para o contorno, rosinhas de cetim e dois recortes da foto da Medalha Milagrosa, que decorei com o chanton azul escuro. Para facilitar a sua vida, use uma pinça para auxiliar na colocação das pecinhas, ou um palito de manicure também ajuda.



Nas quatro fotos acima, mostro o detalhe da ornamentação nas laterais da área interna e da fachada da capelinha.

Nas laterais do interior, utilizei um buquezinho inteiro (vem umas 12 rosinhas de tecido engomado) para decorar o chão. Para melhor posicionar as flores, coloque a imagem de resina dentro para ver onde melhor poderá fazer as colagens, de modo que não tome espaço demais que poderá atrapalhar na hora de colar a santinha, e para ter uma visualização do trabalho final. A santinha será a última peça a ser colada no oratório.

Nas paredes laterais, usei uma rosinha de cetim costurada em uma fitinha também de cetim, e colada na parede, uma para cada lado, só para não dar um espaço ocioso dentro do oratório. Você poderá utilizar outras decorações, como um crucifixo pequeno, recorte de foto de vitrais ou deixar vazio mesmo.

Na terceira foto, fiz a decoração da fachada da capela, utilizando três tipos diferentes de chanton. Também utilizei rosinhas de cetim e tinta PVA cintilante para fazer os pontinhos na borda externa. Para fazer esses pontinhos mais facilmente, você poderá utilizar a ponta do cabo do pincel, boleador ou usar um Pinta Bolinhas da Condor, vendido em lojas de artesanato. 

Na quarta foto, colei a pombinha que representa o Espírito Santo. De resina crua, é preciso dar uma demão de tinta e pintar os detalhes, se quiser. Usei a tinta branca PVA cintilante e tinta acrílica para fazer as perninhas, o bico e os olhinhos. Para não ficar uma coisa solta no espaço, colei um buquê inteiro na parte de trás e arrumei as rosinhas de modo que se deitassem sobre a borda da ponta da capelinha.



Nessas duas fotos estão os detalhes da parte traseira da capela. Não é porque a parte de trás geralmente fica escondida por uma parede, que não merece ter um bom acabamento. Na parte de cima da capelinha, onde eu colei o buquê de rosas de tecido, colei um enfeite em formato de borboleta, para esconder os arames do buquê e para ajudar a fixar melhor, dando mais segurança à peça.

Na segunda foto, simplesmente colei um cristalzinho no recorte da parte de baixo, para dar um charme. Se quiser, pode fazer uma decoração elaborada também na parte traseira.

Abaixo, a foto com o oratório pronto e a imagem de resina já colada dentro da capela.

Algumas dicas:

Compre peças de MDF de boa qualidade, mesmo que custem um pouco mais que as outras. O acabamento do material é muito melhor e isso te poupará algumas horas de trabalho tentando acertar imperfeições, isso quando o próprio MDF não é de má qualidade. Um bom material garante um trabalho final muito melhor.

Não se usa a pressa em Arte e Artesanato. Portanto, não dê demãos seguidas de tinta em intervalos muito curtos. Em teoria, a tinta está seca ao toque entre 5 e 10 minutos, dependendo do clima do dia (se está frio ou quente), mas para a tinta estar curada, leva pelo menos 2 horas. Não apresse essa etapa, pois isso prejudicará o seu trabalho e poderá até causar a perda do material. 

Use pincel macio e de boa qualidade, mesmo que seja para a "queima" do objeto, que é aquela etapa em que a gente passa a tinta base. Um pincel de qualidade garante um bom acabando da pintura, pois faz menos ranhuras na tinta, deixando-a quase lisa.

Não misture a tinta com água, pois isso deixará a tinta rala, por menos água que misture. Eu costumo molhar o pincel, retirar o excesso e mergulhar na tinta pura. Isso faz com que a tinta deslize com mais facilidade pela superfície e garante uma boa cobertura da peça, sem necessitar de ir além de duas demãos.

Use cola para artesanato, no mínimo. Não use cola escolar. O adesivo precisa dar bastante firmeza às peças que serão coladas, para evitar que caiam por aí ao menor toque. A cola de silicone líquida (que não é a cola quente) dá um bom acabamento por ser transparente, mas para colar a imagem de resina na capela, prefira adesivos mais fortes, como a superbonder, por exemplo.

Se você quiser fazer um oratório combinando, prefira usar as cores atribuídas ao santo que escolherá, por exemplo: as cores de São Jorge são vermelho e branco; de Nossa Senhora são azul claro e rosa claro; de São Bento é o preto; e por aí vai. Nos oratórios que faço, gosto muito de usar o branco com cores intensas.

E, definitivamente, solte a franga! Se você é chegada a uma peruísse, vai se divertir montando um desses oratórios. E esse aqui apresentando é apenas uma sugestão. Você poderá fazer com qualquer santinho, com qualquer formato de capelinha e até com qualquer outro tipo de imagem. Já vi oratório até para Frida Kahlo, por exemplo. É uma ideia, e uma ideia bem legal para decoração.

Se for usar o oratório para compor seu altar, para sua devoção mesmo, nada melhor do que algo feito por suas próprias mãos, em que você colocou suas intenções e energia no processo de criação. Assim, conectar-se ao Todo será muito mais fácil, educando-se para que se torne algo muito natural e automático, algum dia.


segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Santos do mês dezembro

Santos do mês dezembro

01 de Dezembro – Santo Elói ou Elígio, Bem-aventurado Charles de Foucauld, Bem-aventurada Maria Clementina Anuarite Nengapeta
02 de Dezembro – Santa Bibiana ou Viviana, São Silvério
03 de Dezembro – São Francisco Xavier, São Galgano Guidotte
04 de Dezembro – São João Damasceno, Santa Bárbara
05 de Dezembro – São Sabas, Bem-aventurado Nicola Stenon
06 de Dezembro – São Nicolau
07 de Dezembro – Santo Ambrósio, Santa Maria Josefa Rossello
08 de Dezembro – Imaculada Conceição de Maria, Bem-aventurado Luís (Alojzy) Liguda e companheiros
09 de Dezembro – São João (Juan) Diego Cuauhtlatoatzin, São Pedro Fourier
10 de Dezembro – Nossa Senhora do Loreto, São João Roberts
11 de Dezembro – São Dâmaso I, São Sabino
12 de Dezembro – Nossa Senhora de Guadalupe, Bem-aventurado Bartolomeu Bompedoni
13 de Dezembro – Santa Luzia ou Lúcia, Santa Otília ou Odília
14 de Dezembro – São João da Cruz, São Venâncio Fortunato, Santo Esperidião, São Nimatullah Kassab Al-Hardini
15 de Dezembro – Santa Virgínia Centurione Bracelli, Santa Nina ou Cristiana, Bem-aventurado Carlo Steeb, Bem-aventurada Maria Vitória de Fornari Strata
16 de Dezembro – Santa Adelaide
17 de Dezembro – São João da Mata, São Lázaro de Betânia, Santa Olímpia, São José Manyanet y Vives
18 de Dezembro – São Graciano, São Vunibaldo
19 de Dezembro – Santo Urbano V
20 de Dezembro – São Domingos de Silos
21 de Dezembro – São Pedro Canísio
22 de Dezembro – Santa Francisca Xavier Cabrini
23 de Dezembro – São João Câncio
24 de Dezembro – Santa Paula Isabel Cerioli, Santa Tarsila, Santa Adélia ou Adele de Pfalzel, Santa Ermina ou Irmina ou Irma
25 de Dezembro – Natal de Jesus, Santa Anastácia
26 de Dezembro – Santo Estêvão
27 de Dezembro – São João Evangelista
28 de Dezembro – Santos Inocentes, Bem-aventurada Catarina Volpicelli
29 de Dezembro – São Tomás Becket, Sagrada Família
30 de Dezembro – São Rugero
31 de Dezembro – Santa Catarina Labouré, São Silvestre I

sábado, 1 de novembro de 2014

Santos do mês novembro

Santos do mês novembro

01 de Novembro – Todos os santos
02 de Novembro – Todos os Finados
03 de Novembro – São Martinho de Porres, São Humberto de Liège, Santa Sílvia
04 de Novembro – São Carlos Borromeu
05 de Novembro – Santa Bertila, São Zacarias e santa Isabel,Guido Maria Conforti
06 de Novembro – São Leonardo de Noblac
07 de Novembro – São Prosdócimo, São Wilibrordo
08 de Novembro – São Godofredo
09 de Novembro – Santo Orestes, Bem-aventurada Elisabete da Trindade Catez
10 de Novembro – São Leão I, Santo André Avelino
11 de Novembro – São Martinho de Tours
12 de Novembro – São Josafa Kuncewicz
13 de Novembro – Santo Estanislau Kostka, São Diogo (Diego) de Alcalá, Bem-aventurado Eugênio Bossilkov,Bem-aventurada Maria Crucifixa Cúrcio
14 de Novembro – São Serapião
15 de Novembro – Santo Alberto Magno, São Leopoldo III
16 de Novembro – Santa Gertrudes, Santa Margarida da Escócia
17 de Novembro – Santa Isabel da Hungria, São Roque Gonzales
18 de Novembro – São Frediano
19 de Novembro – São Rafael de São José
20 de Novembro – São Félix de Valois, Santo Edmundo
21 de Novembro – São Gelásio I
22 de Novembro – Santa Cecília, Bem-aventurado Tomás Reggio
23 de Novembro – São Clemente I, São Columbano,Santa Felicidade e sete irmãos
24 de Novembro – Santo André Dung-Lac e companheiros
25 de Novembro – Santa Catarina de Alexandria, São Pedro de Alexandria
26 de Novembro – São Silvestre, Bem-aventurado Tiago Alberione,São Leonardo de Porto Maurício, Santo Humilde de Bisignano,Charles-Martial Allemand Lavigerie
27 de Novembro – Santo Virgílio
28 de Novembro – São Tiago das Marcas
29 de Novembro – São Saturnino de Toulouse
30 de Novembro – Santo André

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Santos do mês Outubro

Santos do mês Outubro

01 de Outubro – Santa Teresinha do Menino Jesus (de Lisieux),São Remígio ou Rémy
02 de Outubro – Santo Anjo da Guarda
03 de Outubro – São Dionísio Areopagita,Bem-aventurado Columba José Marmion
04 de Outubro – São Francisco de Assis, São Petronio
05 de Outubro – São Benedito, o Negro, Santa Maria Faustina Kowalski,Bem-aventurado Francisco Xavier Seelos
06 de Outubro – São Bruno
07 de Outubro – Santa Osita, Nossa Senhora do Rosário
08 de Outubro – São João Calábria, Santa Pelágia Penitente
09 de Outubro – São João Leonardo, São Dionísio ou Denis de Paris
10 de Outubro – São Francisco Borja (ou Bórgia), São Daniel Comboni
11 de Outubro – Santo Alexandre Sauli, João XXIII
12 de Outubro – Nossa Senhora Aparecida, São Serafim de Montegranaro
13 de Outubro – São Daniel e companheiros, Santo Eduardo,Bem-aventurada Alexandrina Maria da Costa
14 de Outubro – São Calisto I, São Burchardo
15 de Outubro – Santa Teresa d'Ávila
16 de Outubro – Santa Margarida Maria Alacoque, Santa Edwiges,São Geraldo Majela, Bem-aventurada Josefina Vannini
17 de Outubro – Santo Inácio de Antioquia, São Rodolfo
18 de Outubro – São Lucas
19 de Outubro – São Paulo da Cruz, São Pedro de Alcântara,São João de Brébeuf e companheiros
20 de Outubro – Santa Maria Bertilla Boscardin, Santa Madalena de Nagasaki
21 de Outubro – Santo Hilarião, Santa Úrsula e companheiras
22 de Outubro – São Donato, Bem-aventurado Contardo Ferrini
23 de Outubro – São João de Capistrano
24 de Outubro – Santo Antônio Maria Claret, Luís Guanella
25 de Outubro – Santo Antônio de Sant'Anna Galvão,São Crispim e são Crispiniano, São Gaudêncio
26 de Outubro – Santo Evaristo
27 de Outubro – São Frumêncio, Santo Elesbão
28 de Outubro – São Judas Tadeu, São Simão
29 de Outubro – São Narciso, Bem-aventurado Caetano Errico
30 de Outubro – Bem-aventurada Retistuta Kafka
31 de Outubro – Santo Afonso Rodrigues, São Wolfgang

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Santos do mês Setembro

Santos do mês Setembro

01 de Setembro – Santo Egídio, Santa Beatriz da Silva Menezes
02 de Setembro – Bem-aventuada Ingrid
03 de Setembro – São Gregório Magno, São Marino
04 de Setembro – Santa Rosália
05 de Setembro – São Lourenço Justiniano, Madre Teresa de Calcutá
06 de Setembro – São Liberato de Loro
07 de Setembro – Santa Regina, Eugênia Picco
08 de Setembro – Natividade de Nossa Senhora, São Tomás de Vilanova, São Sérgio I, Bem-aventurado Frederico Ozanam
09 de Setembro – São Pedro Claver
10 de Setembro – São Nicolau Tolentino
11 de Setembro – São João Gabriel Perboyre
12 de Setembro – São Guido de Anderlecht
13 de Setembro – São João Crisóstomo, São Maurílio de Angers
14 de Setembro – São Materno de Colônia, Exaltação da Santa Cruz
15 de Setembro – Nossa Senhora das Dores, Bem-aventurado Antonio (Anton) Maria Schwartz
16 de Setembro – São Cornélio, São Cipriano
17 de Setembro – São Roberto Belarmino, Santa Hildegarda
18 de Setembro – São José Copertino
19 de Setembro – São Januário ou Gennaro, Santo Afonso de Orozco
20 de Setembro – Santa Cândida, Santo André Kim Taegon e companheiros
21 de Setembro – São Mateus
22 de Setembro – São Maurício e companheiros, Bem-aventurado Inácio de Santhiá
23 de Setembro – Santo padre Pio de Pietrelcina, Santa Tecla, São Lino (Papa), Bem-aventurada Emília Tavernier Gamelin
24 de Setembro – São Gerardo Sagredo
25 de Setembro – Santa Aurélia e Santa Neomísia, Santo Alberto, São Firmino ou Firmin, São Cléofas ou Alfeu
26 de Setembro – São Cosme e São Damião
27 de Setembro – São Vicente de Paulo
28 de Setembro – São Wenceslau
29 de Setembro – Arcanjos são Miguel, são Gabriel e são Rafael
30 de Setembro – São Jerônimo, São Gregório, o iluminador

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Santos do mês Agosto

Santos do mês Agosto

01 de Agosto – Santo Afonso Maria de Ligório.
02 de Agosto – Santo Eusébio de Vercelli, Santo Estevão I, São Pedro Julião Eymard, Bem-aventurado Zeferino Gimenez Malla.
03 de Agosto – Santa Lídia, Bem-aventurado Eustáquio van Lieshout.
04 de Agosto – São João Maria Batista Vianney.
05 de Agosto – Santo Osvaldo de Nortúmbria, Dedicação da Basílica de Santa Maria Maior.
06 de Agosto – Bem-aventurada Maria Francisca Rubatto, Transfiguração do Senhor.
07 de Agosto – São Caetano de Thiene, Santo Xisto II, Santa Afra e suas companheiras
08 de Agosto – São Domingos de Gusmão
09 de Agosto – Santa Edith Stein (Tereza Benedita da Cruz), São Fermo e são Rústico
10 de Agosto – São Lourenço
11 de Agosto – Santa Clara de Assis, Santa Filomena
12 de Agosto – Santa Joana Francisca de Chantal, Papa Inocêncio XI, Padre Leão Dehon
13 de Agosto – São João Berchmans, São Ponciano e Santo Hipólito, Bem-aventurado Jacob Gapp, Bem-aventurado Marco d'Aviano
14 de Agosto – São Maximiliano Maria Kolbe
15 de Agosto – Assunção da Virgem Maria, São Tarcísio, Bem-aventurado Vicente Soler, Bem-aventurado Isidoro Bakanja
16 de Agosto – Santo Estevão da Hungria, São João Francisco Régis, São Roque
17 de Agosto – São Jacinto
18 de Agosto – Santa Helena, Santo Alberto Hurtado Cruchaga
19 de Agosto – São João Eudes, São Ludovico (Luiz de Anjou), Santo Ezequiel Moreno y Diaz
20 de Agosto – São Bernardo de Claraval
21 de Agosto – São Pio X
22 de Agosto – São Filipe Benício, Virgem Maria Rainha
23 de Agosto – Santa Rosa de Lima
24 de Agosto – São Bartolomeu, Santa Joana Antida Thouret
25 de Agosto – São Luiz IX, São José Calasanz, Santa Patrícia
26 de Agosto – São Zeferino
27 de Agosto – Santa Mônica, Padre Helder Camara
28 de Agosto – Santo Agostinho de Hipona
29 de Agosto – Bem-aventurada Joana Maria da Cruz, Martírio de São João Batista
30 de Agosto – São Félix e Santo Adauto
31 de Agosto – São Raimundo Nonato

terça-feira, 1 de julho de 2014

Santos do mês Julho

Santos do mês Julho

01 de Julho – São Galo, Santo Oliver Plunkett
02 de Julho – São Bernardino Realino, São Processo e São Martiniano
03 de Julho – São Tomé, São Leão II
04 de Julho – Santa Isabel de Portugal
05 de Julho – Santo Antônio Maria Zacarias
06 de Julho – Santa Maria Goretti, Bem-aventurada Maria Teresa Ledochowska
07 de Julho – São Vilibaldo, Papa Bento XI, Bem-aventurada Maria Romero Meneses
08 de Julho – Papa Eugênio III, Bem-aventurado Pedro Vigne
09 de Julho – Santa Madre Paulina do Coração Agonizante de Jesus, Santa Verônica Giuliani, Agostinho Zhao Rong e 119 Companheiros
10 de Julho – Santo Antônio Percierskij
11 de Julho – São Bento de Nórcia, Santa Olga
12 de Julho – São João Gualberto
13 de Julho – Santa Teresa de Jesus dos Andes, São Henrique II, Santa Clélia Barbieri
14 de Julho – São Camilo de Léllis, Santa Catarina Tekakwitha, São Francisco Solano
15 de Julho – São Boaventura, São Vladimir de Kiev, Inácio de Azevedo e companheiros
16 de Julho – Nossa Senhora do Carmo, bem-aventurado Bartolomeu Fernandes dos Mártires
17 de Julho – Santa Maria Madalena Postel, Santa Generosa, Santo Aleixo, Bartolomeu de Las Casas
18 de Julho – Santo Arnolfo
19 de Julho – São Serafim de Sarov, Santo Arsênio
20 de Julho – Santa Margarida, Santo Aurélio
21 de Julho – São Lourenço de Brindisi, Irmã Dolores Baldi
22 de Julho – Santa Maria Madalena
23 de Julho – Santa Brígida, Santo Apolinário
24 de Julho – Santa Cristina
25 de Julho – São Cristóvão, São Tiago, o maior
26 de Julho – Santa Ana e São Joaquim, Bem-aventurado Tito Brandsma
27 de Julho – São Clemente de Ochrida, São Celestino I, São Raimundo Zanfogni
28 de Julho – São Nazário e são Celso, Santo Inocêncio I
29 de Julho – Santa Marta
30 de Julho – São Pedro Crisólogo, São Leopoldo Mandic, Santa Maria de Jesus Sacramentado Venegas
31 de Julho – Santo Inácio de Loyola

sexta-feira, 13 de junho de 2014

Santo Antônio

Claudio Coello, A visão de Santo Antonio de Pádua, 1663
Hoje é Dia de Santo Antônio (de Pádua, de Lisboa, de Pemba), que nas festividades meramente profanas, abre o período das Festas Juninas, cujo ápice é no dia 24 de junho, dia de São João. Mas Santo Antônio (e São João), não são meros personagens de festividades que, a cada dia, perdem sua essência, tornando a sua única razão de existir a comercial.
Antônio, cujo real nome era Fernando, nasceu em Lisboa, Portugal, em 15 de agosto de 1191, e faleceu em Pádua, Espanha, em 1231. Essas datas, como suas biografias e até mesmo seus pais, são propostas, isto é, não existem documentos que comprovem fidedignamente tais fatos. O que se sabe, são contos populares, tradições passadas oralmente a cada geração, que se tornaram fatos verídicos graças à crença das pessoas.

Sobre a vida pública de Antônio, isto é, a sua vida de religioso, muito coisa ficou registrada. Foi contemporâneo de São Francisco de Assis, inclusive assistiu a canonização do Santo em 1228, dois anos após a morte dele.

Foi um grande evangelizador e orador. Há uma lenda em que conta a evangelização de Santo Antônio em uma praia. Conforme o Santo fazia sua pregação, os peixes espicharam suas cabecinhas para fora da água para ouvi-lo. Se foi mesmo verdade, certamente os animais foram atraídos pelo magnetismo dele. E esse talento de frei franciscano Antônio era o responsável por arrebanhar multidões em seus sermões, tanto de pessoas simples quanto de clérigos de boa formação. Existe até mesmo uma coletânea com textos originais do Santo; trata-se de Sermões Dominicais e Festivos.

Mas nem tudo são belas histórias. Antônio, à sua época, recebeu a alcunha de Martelo dos Hereges, por ser implacável com os chamados hereges, que eram os não-cristãos, geralmente pessoas que jamais ouviram falar em Cristo e na religião fundada pelos homens. Essa antiquíssima violação de direitos todos conhecem, não é?

Antônio de Pádua foi muito além. Considerado alguém com grandes dons do Espírito Santo (ou, no nosso atual entendimento, um extraordinário Médium), os conhecimentos religiosos e acadêmicos de Antônio também estavam muito acima do comum à época, sendo um verdadeiro intelectual:


Além de um conhecimento detalhado da Bíblia, dos escritos dos Padres da Igreja e outros escritores cristãos, são encontradas citações de clássicos como Aristóteles, Cícero, Catão, Sócrates, Dioscórides, Donato, Eliano, Escribônio, Euquério de Lião, Festo Solino, Filão de Alexandria, Tibulo, Sérvio, Públio Siro, Juvenal, Plínio, o Velho, Varrão, Sêneca, Flávio Josefo, Horácio, Ovídio, Lucano e Terêncio. Seu conhecimento das ciências naturais ultrapassa em muito o currículo regular das artes liberais medievais, aprofundando-se em áreas como a medicina, a física, a história natural, a cosmografia, mineralogia, zoologia, botânica, astronomia e óptica.

Nas palavras de José Antunes, “Santo Antônio de Lisboa, embora muito festejado e venerado como santo pelo povo, é menos conhecido como um homem de cultura literária invulgar e como um verdadeiro intelectual da Idade Média. Reveladora dessa cultura ímpar, é a sua obra escrita, cheia de beleza e densidade de pensamento, como nos testemunham os seus Sermões, autênticos tesouros da Literatura e da História. Vasta, profunda, extraordinária, a respeito da Sagrada Escritura. Ampla, variada e bem apropriada nas transcrições dos Padres da Igreja e dos Autores Clássicos. Impressionante, para o tempo, não apenas pelo conhecimento que revela das ciências naturais e das humanidades, mas igualmente pelo erudito discurso sobre noções jurídicas, como Poder, Direito e Justiça”.
Certamente, um grande Espírito de escol!

Para saber mais detalhes sobre a vida deste santo, acesse o blog Matéria Astral e Sacrifício Vivo e Santo.

domingo, 1 de junho de 2014

Santos do mês Junho

Santos do mês Junho

01 de Junho - São Justino, Santo Aníbal Maria di Francia, Bem-aventurado João Batista Scalabrini
02 de Junho - Santos Marcelino e Pedro, Santo Erasmo
03 de Junho - Santos Carlos Lwanga e companheiros, Santa Clotilde
04 de Junho - São Francisco Caracciolo
05 de Junho - São Bonifácio
06 de Junho - São Marcelino Champagnat, São Norberto, São Gerardo Tintori
07 de Junho - Santo Antônio Maria Gianelli
08 de Junho - São Medardo, Bem-aventurado Pacífico de Cerano
09 de Junho - Santo Efrém, Bem-aventurado José de Anchieta, Bem-aventurada Ana Maria Taigi
10 de Junho – Bem- aventurados Eduardo Poppe e João Dominici
11 de Junho – São Barnabé, Santa Paula Frassinetti
12 de Junho – Santo Onofre, São João de Sahagun, São Gaspar Bertoni, São Bernardo de Menton (de Aosta)
13 de Junho – Santo Antônio de Pádua, Santo Ávito (Aventino), Bem-aventurado Inácio Maloyan
14 de Junho – São Basílio, Bem-aventurada Iolanda da Polonia
15 de Junho – São Vito, Bem-aventurada Albertina Berkenbrock
16 de Junho – Santos Julita e Ciro
17 de Junho – São Ranieri de Pisa
18 de Junho – São Gregório João Barbarigo
19 de Junho – Santa Juliana Falconieri, São Romualdo, Santa Ema de Gurk, Santos Gervásio e Protásio
20 de Junho – Bem- aventurada Margarida Ebner
21 de Junho – São Luís Gonzaga,
22 de Junho – São Tomás More, São João Fisher, Santo Albano, São Paulino de Nola
23 de Junho – São José Cafasso
24 de Junho – Natividade de São João Batista
25 de Junho – São Guilherme de Vercelli, São Máximo de Turim, São Próspero de Aquitânia
26 de Junho – São João e São Paulo, São José Maria Robles Hurtado, São Vigílio, São Josemaria Escrivá de Balaguer, São Sigismundo (Zygmunt) Gorazdowski
27 de Junho – São Cirilo de Alexandria,
28 de Junho – Santo Irineu de Lyon, Santo Atílio, Santa Vicência Gerosa
29 de Junho – São Pedro e são Paulo
30 de Junho – Os primeiros mártires do Cristianismo

sábado, 24 de maio de 2014

Oratório para Santa Sarah Kali

No dia 24 de maio homenageia-se Santa Sara Kali, padroeira dos Ciganos, tanto dos de Terra quanto os do Astral.

Junto com São João Batista e José de Arimatéia, comanda as falanges da Linha do Oriente no Plano Astral, em especial aos Ciganos.

Crie um altar para Sara Kali, que será um ponto de convergência entre você e o Astral, dentro de sua casa! Pois Deus está onde está aquele que O tem em seu coração! Então, em todos os lugares pode haver santidade - inclusive na sua sala, quarto e até jardim!
Altar de Santa Sara - Altar é tudo o que vem do alto. Sintoniza energias superiores capazes de nos proteger e materializar nosso desejo de comunicação com a divindade. No altar, coloque: toalha branca, rosas amarelas, cesta de pães, frutas, taça de vinho tinto, vela azul clara, um punhado de arroz cru, moedas douradas, incenso de rosas, cristais e uma imagem de Sta Sara.
Os rituais de invocação a Santa Sara devem ser feitos com a mente livre, coração aberto e com a alma plena de amor. Ela é amiga, conselheira e protetora. Faça uma prece pedindo proteção para sua família, ofereço um pedaço de pão e vinho para todos da casa, para que a proteção esteja presente na vida de todos e que os milagres acontecerão.
Segundo a tradição, quando um milagre é concebido, em sinal de respeito, admiração e gratidão, entrega-se um manto azul claro, em seu altar ou na sua imagem.
 
 
Quanto às cores, guie-se por aqui:
O manto de Sta Sara - Oferecer um manto a Sta Sara, faz parte do seu culto, em agradecimento a uma graça alcançada, faça um manto e coloque na imagem dela:
- Amarelo e dourado - para qualquer vitória alcançada.
- Azul - para proteção, luz espiritual, poder intuitivo e filhos.
- Branco - paz de espírito, casamento, agradecimentos.
- Lilás - carinho, amor e prosperidade.
- Púrpura - prestígio e vantagens profissionais.
- Rosa - amor, compaixão e maternidade.
- Verde - saúde, bens adquiridos e vitalidade. Quando Sta Sara morreu, foi feito um manto de ouro, que foi colocado sobre seu corpo quando ela foi devolvida ao mar. 
E, para orar, guie-se por esta:
Oração de Santa Sara - Tu que és a única Santa cigana no mundo. Tu que sofreste todas as formas de humilhação e preconceito. Tu que fostes jogada no mar, para que morreste de sede e de fome. Tu sabes Santa Sara, o que é a mágoa e a dor no coração. Não permitas que meus inimigos zombem de mim ou me maltratem. Que Tu sejas minha dvogada diante de Deus. Que tu me conceda sorte e saúde! Que assim seja!

O Feito no Santo Artesanatos tem disponível para pronta-entrega 5 Oratório pequenos, modelo arabesco, com a Padroeira dos Ciganos, Santa Sara Kali, ao preço de R$ 30 (em mãos). Há em 5 cores diferentes:
 
Azul, Amarelo, Verde, Rosa e Lilás com Púrpura.
 
Em todos há 7 fitinhas de cetim em 7 cores diferentes, moedinha e rosas douradas. A imagem é de resina, com 7 cm. O oratório é feito em madeira MDF, pintado à mão com tinta PVA cintilante e acrílica brilhante, decorado com flores de tecido, strass sintético e fitas de cetim. Mede em torno de 12 cm de altura, com 8 cm de largura.
 
Para encomendar esse e outros oratórios, envie uma mensagem por email. Também envio para outros lugares por Correio, acrescentando R$ 20 para as despesas de postagem.


E se quiser ler mais sobre Santa Sara Kali, acesse este link aqui ;)



 

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Santos do mês maio

Santos do mês maio

01 de Maio – São José Operário, São David, São Peregrino Laziosi 02 de Maio - Santo Atanásio, Santa Mafalda 03 de Maio – São Filipe e São Tiago, apóstolos. 04 de Maio – São Ciríaco, São Silvano, São Floriano, Santa Antonina 05 de Maio – Santo Ângelo, Santo Hilário de Arles 06 de Maio – São Domingos Sávio, São Mariano, São Lúcio de Cirene, Ana Rosa Gattorno 07 de Maio – Santo Agostinho Roscelli, Santa Gisela, São Bento II, Santa Flávia Domitila, Santa Rosa Venerini 08 de Maio – São Vítor , Santo Acácio, São Pedro de Tarentaise, Nossa Sra. Da Estrela 09 de Maio – São Pacômio, São Jorge Preca, Maria Teresa de Jesus 10 de Maio – Damião de Molokai, Santo Antonino de Florença 11 de Maio – Santo Inácio de Lácomi, Santos Abades de Cuny 12 de Maio – São Pancrácio, Joana de Portugal 13 de Maio – Nossa Senhora de Fátima, Santa Maria Domenica Mazzarello 14 de Maio – São Matias, São Miguel Garicoits 15 de Maio – Santo Isidoro Lavrador 16 de Maio – São João Nepomuceno, Santo Ubaldo, Santo André Bobola, São Simão Stock 17 de Maio – São Pascoal Baylon, Júlia Salzano 18 de Maio – São Félix de Cantalício, São João I, São Leonardo Murialdo 19 de Maio – São Pedro Celestino, São Crispim de Viterbo, Santo Ivo Helory de Kermartin, Agostinho Novello 20 de Maio – São Bernardino de Sena, Colomba de Rieti 21 de Maio – Santo Eugênio de Mazemod, Manuel G. Gonzáles e Adílio Daronch, Bem-aventurados 22 de Maio – Santa Rita de Cássia, Santa Julia, Santa Catarina de Genova 23 de Maio – São João Batista de Rossi 24 de Maio – Nossa S. Auxiliadora, São Vicente de Lérins 25 de Maio – Santa Maria Madalena de Pazzi, São Gregório VII, Santa Madalena Sofia Barat, São Beda, São Cristobal Magallanes Jara 26 de Maio – São Filipe Néri, Santa Maria Ana de Jesus Paredes 27 de Maio – Santo Agostinho da Cantuária 28 de Maio – São Germano de Paris 29 de Maio – Santa Úrsula Ledochowska 30 de Maio – Santa Joana d'Arc, São Fernando III, São José Marello 31 de Maio – Nossa Senhora da Visitação, São Félix de Nicósia, Camila Batista da Varano, Bem-aventurada